• Cristiane Sales

Secretaria de Saúde registra 1.131 novos casos da Covid-19



A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou, nesta quinta-feira (16/07), 1. 131 novos casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 962 (85%) são casos leves, ou seja, pacientes que não demandaram internamento hospitalar e que estavam na fase final da doença ou já curados. Os outros 169 (15%) se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Agora, Pernambuco totaliza 76.091 casos já confirmados, sendo 21.653 graves e 54.438 leves. Além disso, o boletim de hoje registra um total de 53.970 pessoas recuperadas da doença. Desse total, 11.176 são de casos graves, que demandaram leitos no sistema de saúde, e 42.794 casos leves.


Os casos graves confirmados da doença estão distribuídos por 181 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha e da ocorrência de pacientes em outros Estados e países.


Também foram confirmados laboratorialmente 64 óbitos (sendo 27 do sexo feminino e 37 do sexo masculino). Os novos óbitos confirmados são de pessoas residentes nos municípios de Abreu e Lima (1), Agrestina (1), Água Preta (1), Bom Jardim (2), Cabo de Santo Agostinho (3), Camaragibe (1), Carpina (1), Caruaru (2), Cedro (1), Chã de Alegria (1), Chã Grande (1), Jaboatão dos Guararapes (2), Moreno (1), Olinda (9), Paulista (1), Petrolina(2), Recife (27), Ribeirão (1), São Bento do Una (1), São Caitano (1), São José da Coroa Grande (1), São Lourenço (1), Tabira (1), Tamandaré (1). Com isso, o Estado totaliza 5.836 mortes pela doença.


As mortes registradas no boletim de hoje ocorreram entre 24 de abril e 15 de julho. Do total de mortes do informe de hoje, 46 (72%) ocorreram de 24/04 a 12/07. As outras 18 (28%) ocorreram nos últimos 3 dias. Os pacientes tinham idades entre 40 e 95 anos. As faixas etárias são: 40 a 49 (7), 50 a 59 (10), 60 a 69 (15), 70 a 79 (15), 80 anos ou mais (17).


Dos 64 pacientes que vieram a óbito, 34 apresentavam comorbidades confirmadas: diabetes (20), doença cardiovascular (19), hipertensão (9), AVC (4), doença respiratória (3), obesidade (3), câncer (2), doença neurológica (2), doença renal (2), imunossupressão (2), doença hematológica (1), doença hepática (1), tabagismo (1) - um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Dois não tinham comorbidades e os demais estão em investigação.


Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 17.584 casos foram confirmados e 23.154 descartados. O Governo de Pernambuco foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar e afastar os profissionais da área da saúde com sintomas gripais.


ANÁLISES


É importante ressaltar que a melhor forma de analisar a evolução e a curva de transmissão da Covid-19 é a partir das datas de ocorrência dos óbitos e pelas datas de notificação dos casos. A análise pelos dados dos informes diários não é indicada, já que, por vezes, há o acúmulo, ou a falta de notificações, que são feitas pelas secretarias municipais, unidades de saúde e laboratórios. Neste sentido, a SES-PE reitera que, ao longo das últimas semanas, o Estado de Pernambuco vem observando uma tendência de queda dos casos e dos óbitos pela Covid-19. Além disso, as análises apontam uma redução em todos os indicadores na comparação entre as semanas epidemiológicas (SE) 27 (28/06 a 04/07) e 28 (05 a 11/07).


Em relação aos casos confirmados para Covid-19, juntando os leves e os graves, na SE 27 foram 6.442. Já na semana seguinte foram 4.958, o que representa uma queda de 23%. Detalhando ainda mais a informação, na semana epidemiológica 27 foram 5.651 casos leves e 791 casos SRAG e na SE 28, foram 4.425 leves e 533 graves, representando uma queda de 21,7% e 32,6% respectivamente.


Já os óbitos por Covid-19 apresentaram uma queda de 41,2% na comparação entre as duas semanas, passando de 221 na 27 para 130 na SE 28. Importante destacar também que com relação aos óbitos suspeitos (por SRAG), foi identificada uma queda, passando de 355 para 224 (36,9% de queda).


TESTAGEM


Oito municípios do Agreste, que compõem a IV Gerência Regional de Saúde (Geres), já estão fazendo a marcação da testagem da Covid-19 pelo aplicativo Atende em Casa (www.atendeemcasa.pe.gov.br). Agora, os munícipes de Agrestina, Alagoinha, Barra de Guabiraba, Brejo da Madre de Deus, Camocim de São Félix, Caruaru, Cupira e Santa Maria do Cambucá que apresentarem sintomas gripais podem fazer o agendamento do exame pela ferramenta on-line. Com isso, já são 141 cidades pernambucanas cadastradas para esse tipo de serviço no aplicativo (lista completa no portal.saude.pe.gov.br). Nas localidades que ainda não aderiram, as marcações devem ser feitas diretamente na rede de saúde de referência de cada município.


Estão sendo ofertados exames do tipo RT-PCR (swab nasofaríngeo), indicado para quem está com sintomas gripais até o sétimo dia do início do quadro, podendo, porém, ser estendido até o décimo dia, caso persistam os sintomas; e o teste rápido, para os casos em que o paciente esteja há mais de sete dias do início dos sintomas e também com mais de 72h desde o desaparecimento dos sintomas.  


Importante lembrar que, desde a última quarta (15/07), a testagem foi ampliada para todos aqueles que apresentam sintomas gripais, em um esforço permanente do Governo de Pernambuco para expandir esse tipo de exame para a população pernambucana.


#covid #coronavirus

Artigo02.png
WhatsApp Image 2020-10-07 at 11.28.55.jp
Banner01.png
Arquivo

Copyright © 2018 Saúde e Bem Estar