• Cristiane Sales

Pernambuco identifica 1.858 novos casos da Covid-19



A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou, nesta quinta-feira (23/07), 1.858 novos casos da Covid-19. É importante destacar que o aumento no número de casos de hoje é motivado pelo acúmulo de notificações dos últimos dias, devido à instabilidade no sistema de notificação e-SUS Notifica, que é voltado para os casos de menor gravidade. Para se ter ideia, entre os confirmados hoje, apenas 179 (9,6%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Todos os outros 1.679 casos (90,4%) são leves, ou seja, pacientes que não demandaram internamento hospitalar e que estavam na fase final da doença ou até mesmo já curados. Agora, Pernambuco totaliza 83.240 casos já confirmados, sendo 22.553 graves e 60.687 leves. Além disso, o boletim de hoje registra um total de 60.360 pessoas recuperadas da doença. Desse total, 11.845 são de casos graves, que demandaram leitos no sistema de saúde, e 48.515 casos leves.

Os casos graves confirmados da doença estão distribuídos por 181 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha e da ocorrência de pacientes em outros Estados e países. Também foram confirmados laboratorialmente 59 óbitos (sendo 30 do sexo feminino e 29 do sexo masculino). Os novos óbitos confirmados são de pessoas residentes nos municípios de Abreu e Lima (1), Aliança (1), Amaraji (1), Araripina (2), Belém de Maria (1), Bezerros (1), Bom Jardim (1), Camaragibe (1), Camutanga (1), Caruaru (2), Cupira (1), Custódia (1), Garanhuns (1), Itapissuma (1), Jaboatão dos Guararapes (5), Joaquim Nabuco (1), Jurema (2), Lagoa Grande (1), Mirandiba (1), Nazaré da Mata (1), Olinda (4), Palmares (6), Paranatama (1) Parnamirim (1), Paulista (5), Pesqueira (1), Recife (7), Santa Terezinha (1), São Bento do Una (1), Serra Talhada (1), Surubim (1) e Vitória de Santo Antão (1), além de (2) óbitos de pacientes provenientes de outros estados. Com isso, o Estado totaliza 6.211 mortes pela doença. As mortes registradas no boletim de hoje ocorreram entre 20 de abril e 22 de julho. Do total de mortes no informe de hoje, 34 (58%) ocorreram de 20/04 a 19/07. As outras 25 (42%) ocorreram nos últimos 3 dias, sendo 5 mortes no dia 20/07, 13 no dia 21/07 e 7 registradas no dia de ontem (22/07). Os pacientes tinham idades entre 33 e 89 anos, além de um recém-nascido do sexo masculino. As faixas etárias são: 0 a 9 (1), 30 a 39 (5), 40 a 49 (2), 50 a 59 (10), 60 a 69 (12), 70 a 79 (18), 80 anos ou mais (11). Dos 59 pacientes que vieram a óbito, 38 apresentavam comorbidades confirmadas: doença cardiovascular (25), hipertensão (15), diabetes (13), doença renal (6), obesidade (3), câncer (3), tabagismo/histórico de tabagismo (3), doença pulmonar (2), doença respiratória (2), imunossupressão (1), doença vascular (1), etilismo (1), histórico de AVC (1), doença neurológica (1), doença de Parkinson (1), epilepsia (1), anorexia (1) e doença de Alzheimer (1) - um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Dois não tinham comorbidades e os demais estão em investigação. Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 18.237 casos foram confirmados e 24.174 descartados. O Governo de Pernambuco foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar e afastar os profissionais da área da saúde com sintomas gripais. CARUARU


O Hospital de Campanha, instalado no pátio do Hospital Mestre Vitalino (HMV), em Caruaru, Agreste de Pernambuco, irá abrir 30 novos leitos de enfermaria nesta sexta-feira (24/07). Com esta ação de abertura, o Hospital passará a contar com 60 leitos de enfermaria e 20 de Unidade de Terapia Intensiva – leitos com suporte ventilatório. Ao todo, a estrutura do Hospital Mestre Vitalino passa a contar com 150 leitos, sendo 60 de UTI. As IV e V Regiões de Saúde de Pernambuco, área de atendimento do Hospital de Campanha, ainda vivem um momento delicado da pandemia do novo coronavírus, com um quantitativo relevante de novos diagnósticos da Covid-19. Até o momento o Hospital de Campanha atendeu 178 pacientes, destes 107 com casos confirmados da doença. A ampliação do serviço contempla uma população de mais de 1.859.175 habitantes. "Neste momento delicado que ainda vivemos, estamos dando mais um passo significativo no enfrentamento desta pandemia, sobretudo aqui nestas duas regiões de saúde que ainda apresentam muitos casos de infecção. Com esta autorização do Governo do Estado para a ampliação, a unidade do Hospital de Campanha nos possibilitará o atendimento de mais pacientes", esclareceu Marcelo Cavalcanti, diretor geral do HMV.

Artigo02.png
WhatsApp Image 2020-10-07 at 11.28.55.jp
Banner01.png
Arquivo

Copyright © 2018 Saúde e Bem Estar