• Cristiane Sales

HCP alerta para a saúde mental de crianças e adolescentes com câncer



Aproveitando do Setembro Dourado, setembro feita para alertar sobre os sinais e sintomas relacionados ao câncer infantil, e também do Setembro Amarelo, dedicada à prevenção ao suicídio, o Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP) tem, durante todo o mês, ressaltado a importância de casar essas duas temáticas. A solidão e a desesperança, fatores de risco para o suicídio, são muito comuns entre pacientes oncológicos. Além disso, Pernambuco é o 7° estado do país com mais casos notificados de violência autoprovocada, que são pensamentos suicidas, automutilações e tentativas de suicídio entre jovens de 15 a 19 anos, segundo Ministério da Saúde (2019).


Essas informações reforçam o fato de que a saúde mental de pacientes oncológicos precisa ser avaliada regularmente. É necessário identificar esses fatores de risco para ajudar os profissionais de saúde, familiares e amigos para intervir precocemente e salvar vidas. “As crianças e os adolescentes acabam sendo privados de brincar, ir para a escola, para festas, e isso pode causar uma tristeza, baixa autoestima e até depressão, ocasionada por essa privação da sua infância”, explica a coordenadora do serviço de psicologia, Karla Neves.


“Não podemos resolver suas angústias, mas podemos escutá-los e ajudá-los a dar voz aos seus sentimentos. O falar traz a cura, quando o paciente consegue se expressar, ele aceita sua realidade como ela é, aprendendo a se olhar com mais carinho e lidando melhor com o mundo da forma que ele é”, explica a psicóloga. Ela afirma que, além do apoio profissional, a participação e o apoio dos familiares e amigos também é muito importante.

Artigo02.png
WhatsApp Image 2020-10-07 at 11.28.55.jp
Banner01.png
Arquivo

Copyright © 2018 Saúde e Bem Estar