• Cristiane Sales

Covid-19: Secretaria de Saúde confirma 381 novos casos em Pernambuco



A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou, nesta segunda-feira (22/06), 381 novos casos da Covid-19 em Pernambuco. Entre os confirmados hoje, 250 são casos leves e 131 se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Agora, Pernambuco totaliza

52.494 casos já confirmados, sendo 18.229 graves e 34.265 leves. Além disso, o boletim registra 35.462 pessoas curadas da Covid-19 no Estado. Desse total, 8.361 são de casos graves e 27.101 casos leves.


Os casos graves confirmados da doença estão distribuídos por 175 municípios pernambucanos, além do Arquipélago de Fernando de Noronha e da ocorrência de pacientes em outros Estados e países.


Também foram confirmados laboratorialmente 18 óbitos (sendo 8 do sexo masculino e 10 do sexo feminino). Os novos óbitos confirmados são de pessoas residentes nos municípios de Agrestina (1), Calumbi (1), Camaragibe (1), Garanhuns (2), Gravatá (1), Igarassu (1),

Jaboatão dos Guararapes (2), Limoeiro (1), Paulista (1), Petrolina (1), Recife (4) e Vitória de Santo Antão (1), além de 1 de outro estado. Com isso, o Estado totaliza 4.252 mortes pela doença.


Os óbitos aconteceram entre os dias 08 de maio e 21 de junho e os pacientes tinham idades entre 45 e 85 anos. As faixas etárias são: 40 a 49 (1), 50 a 59 (3), 60 a 69 (6), 70 a 79 (6), 80 ou mais (2).


Dos 18 pacientes que vieram a óbito, 14 apresentavam comorbidades confirmadas: hipertensão (8), diabetes (7), doença cardiovascular (6), obesidade (2), tabagismo/histórico de tabagismo (2), histórico de AVC (1), doença de Alzheimer (1) e câncer (1) - um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Um não possuía doenças pré-existentes e os demais estão em investigação pelos municípios.


Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 14.809 casos foram confirmados e 17.295 descartados. As testagens abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Estado foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar os profissionais da área da saúde.


NOVOS LEITOS


O governador Paulo Câmara, em visita ao Hospital de Referência Covid-19 Unidade Boa Viagem, o antigo Alfa, anunciou a ampliação do número de leitos de UTI para tratamento da Covid-19. Agora, o centro hospitalar conta com mais 10 vagas, totalizando 70 para Terapia Intensiva, exclusivas para pacientes com diagnóstico da doença. Hoje, esse é o maior Hospital com UTIs para o tratamento do novo coronavírus no Estado.


“É mais uma etapa do nosso trabalho, que busca salvar vidas, além de dotar a Região Metropolitana, o Agreste e também o Sertão, de equipamentos de qualidade como vimos no Alfa. Isso tudo dentro de um planejamento de avançar sempre mais”, explicou o governador.


O gestor aproveitou para agradecer o esforço dos profissionais de saúde que estão na linha de frente deste combate nas Unidades. Só no Alfa, 820 profissionais estão atuando. “Já são mais de noventa dias dedicados exclusivamente a salvar vidas e todo o nosso esforço tem tido êxito dentro de um planejamento adequado, uma estrutura adequada, mas acima de tudo, dentro do trabalho de muitos profissionais de saúde, que têm se dedicado dia e noite a ajudar Pernambuco a enfrentar essa, que é a maior crise sanitária que o mundo recente já presenciou”, pontuou Paulo Câmara.


O Estado tem hoje 1.713 leitos, sendo 745 UTIs e 968 enfermarias. O Hospital de Referência Covid-19 em Boa Viagem tem 200 leitos, sendo 130 leitos de enfermaria ativos e 70 de UTI. O hospital já registrou 536 altas nesses pouco mais de dois meses de funcionamento.

#CoronavírusemPernambuco #coronavírus #Covid19 #SESPE

Artigo02.png
WhatsApp Image 2020-10-07 at 11.28.55.jp
Banner01.png
Arquivo

Copyright © 2018 Saúde e Bem Estar