• Cristiane Sales

Pernambuco ultrapassa 15 mil casos do novo coronavírus


O Estado totaliza 15.588 casos confirmados, sendo 8.205 graves e 7.383 leves, além de 1.298 mortes decorrentes da Covid-19


A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou, nesta quinta-feira (14/05), 687 novos casos de Covid-19 em Pernambuco. Entre os confirmados hoje, 329 se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 358 são casos leves. Agora, Pernambuco totaliza 15.588 casos já confirmados, sendo 8.205 graves e 7.383 leves. Dos casos graves, 1.462 evoluíram bem, receberam alta hospitalar e estão em isolamento domiciliar. Outros 2.693 estão internados, sendo 237 em UTI e 2.456 em leitos de enfermaria, tanto na rede pública quanto privada. Além disso, o boletim de hoje registra mais 152 pacientes recuperados do novo coronavírus em Pernambuco, totalizando 2.752 pessoas curadas da Covid-19 no Estado. Até agora, os casos graves confirmados da doença estão distribuídos por 144 municípios pernambucanos (tabela 1), além do Arquipélago de Fernando de Noronha e da ocorrência de pacientes em outros Estados e países. Também foram confirmados laboratorialmente 74 óbitos (sendo 38 do sexo masculino e 36 do sexo feminino), de pessoas residentes nos municípios de Recife (28), Jaboatão dos Guararapes (10), Vitória de Santo Antão (5), Cabo de Santo Agostinho (3), João Alfredo (3), Olinda (2), Ipojuca (2), Moreno (2), Paudalho (2), Ribeirão (2), Paulista (1), Abreu e Lima (1), Água Preta (1), Barreiros (1), Bom Jardim (1), Caruaru (1), Gravatá (1), Itapissuma (1), Itaquitinga (1), Lagoa do Itaenga (1), Petrolina (1), São Bento do Una (1), São Lourenço da Mata (1), Serra Talhada (1) e Vicência (1). Com isso, o Estado totaliza 1.298 mortes pela Covid-19. As mortes ocorreram entre os dias 15/04 e 13/05 os pacientes tinham idades entre 40 e 97 anos, além de uma criança do sexo masculino de 7 meses de idade, que tinha leucemia. Dos 74 pacientes que vieram a óbito, 33 apresentavam comorbidades confirmadas: hipertensão (16), diabetes (14), doença cardiovascular (6), tabagismo/histórico de tabagismo (6), histórico/sequela de AVC (2), doença pulmonar obstrutiva crônica (2), doença de Alzheimer (2), histórico/sequela de AVE (1), etilismo/histórico de etilismo (1), HIV/Aids (1), esquizofrenia (1), asma (1), pneumonia (1), infecção do trato respiratório (1), tuberculose (1), insuficiência respiratória (1), infecção do trato urinário (1), demência avançada (1), doença arterial obstrutiva periférica (1), hipotireoidismo (1), obesidade (1), doença renal crônica (1) e leucemia (1). Cinco não tinham comorbidade e os demais estão em investigação pelos municípios. As faixas etárias são: 0 a 9 (1), 40 a 49 (10), 50 a 59 (10), 60 a 69 (17), 70 a 79 (13), 80 ou mais (23). Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 2.918 casos foram confirmados e 1.874 descartados. As testagens abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Estado foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar os profissionais da área da saúde. MEDICAMENTOS EM CASA


Com o intuito de evitar a aglomeração de pessoas e preservar pacientes que são dos grupos de risco para a Covid-19, a Farmácia de Pernambuco está realizando entregas em domicílio de medicamentos para os usuários cadastrados em quatro grupos de doenças contempladas pelos Programas da Diretoria Geral de Assistência Farmacêutica (Dgaf) e residentes no Grande Recife. A iniciativa é resultado de força-tarefa das Secretarias Estaduais de Saúde (SES-PE), Desenvolvimento Econômico (Sdec), de Administração (SAD), além do Complexo Portuário Industrial Portuário de Suape e da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper). Mais de 2,3 mil pacientes já receberam seus medicamentos sem sair de casa desde o mês de abril. Já foram entregues medicamentos para pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), asma grave, transplantados, doença de Alzheimer, saúde mental, artrites, lúpus e esclerose. O próximo passo é a inclusão dos pacientes diagnosticados com glaucoma. “Pensamos em estratégias que contemplassem uma boa parte das doenças e que impactam o cotidiano das pessoas e com maior volume de usuários cadastrados, beneficiando aqueles que fazem parte do grupo de risco e são mais vulneráveis para o novo coronavírus. Cerca de 2,3 mil pacientes já foram beneficiados com esta ação”, explica a gerente de organização das unidades da Farmácia de Pernambuco, Amanda Figueiredo. Os usuários que estão recebendo o medicamento em casa são avisados previamente por ligação telefônica efetuada pela equipe da Farmácia de Pernambuco. Desde o início das entregas, a equipe da Farmácia se depara com a seguinte situação: alguns usuários se negam a receber as medicações por acreditar que a iniciativa se tratava, na verdade, de um golpe. “Todos os usuários estão sendo avisados com antecedência sobre a entrega dos seus medicamentos em domicílio. É importante que os pacientes fiquem atentos às nossas ligações e a chegada dos motoristas em suas residências para receber os insumos. Os pacientes podem ficar tranquilos que esta é uma iniciativa oficial, articulada pelo Governo de Pernambuco, e não se trata de golpe”, ressalta a gerente da Farmácia. As entregas são divididas por bairros e acontecem de segunda a sexta, das 8h às 17h. O trabalho é feito por cerca de 10 equipes dos órgãos envolvidos na mobilização, nos carros oficiais do Governo de Pernambuco. Os funcionários, que foram realocados de seus setores, foram divididos em duplas para otimizar a entrega (enquanto um funcionário entrega o fármaco ao paciente na porta de casa, o outro dirige o veículo). São realizadas por dia, em média, entregas para cerca de 130 pacientes. Todos os motoristas envolvidos na ação recebem kit com equipamento de proteção individual (EPI) e álcool em gel. O grupo também participa, periodicamente, de capacitações com a área técnica da SES-PE, recebendo as principais orientações sobre uso adequado do EPI e do álcool em gel, além de informes sobre o manuseio e transporte dos medicamentos. ATENDE EM CASA


A partir desta sexta-feira (15/05), os municípios de Venturosa, no Agreste pernambucano, Inajá e Jatobá, no Sertão do Estado, pasarrão a ser cobertos pelo aplicativo Atende em Casa, resultado de uma parceria entre o Governo de Pernambuco e a Prefeitura do Recife. Junto com outros municípios já cobertos, o Atende em Casa agora contempla oito dos 13 municípios que compõem a VI Gerência Regional de Saúde (Geres). Com isso, mais de 5,1 milhões de pessoas de 35 municípios espalhados pelo Agreste, Sertão e Zona da Mata, além de todas as cidades do Grande Recife e o arquipélago Fernando de Noronha já podem fazer uso da ferramenta que orienta usuários que estejam apresentando sintomas de gripe. O Atende em Casa tem o objetivo de passar orientações para a população, seja para manter o isolamento domiciliar ou, após uma teleorientação feita por profissional de saúde, fazer a busca qualificada por um serviço de saúde mais próximo da sua casa. A ferramenta já conta com mais de 59 mil usuários cadastrados. Até a última quarta-feira (13), foram realizadas mais de 19,4 mil teleorientações, com 7,2 mil chamadas de vídeo com um profissional. Ao todo, mais de 6,5 mil foram orientados a procurar uma unidade de saúde e mais de 11,6 mil a permanecer em isolamento domiciliar. O aplicativo, disponível pelo site www.atendeemcasa.pe.gov.br e para smartphones com sistema Android, permite que médicos, enfermeiros ou residentes médicos façam videochamadas e orientações aos usuários. Mais de 100 profissionais de saúde foram treinados pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), responsável por coordenar os atendimentos fora do Recife, para atuação no Atende em Casa, reforçando as escalas de plantão. Os profissionais recebem orientações quanto ao uso do aplicativo, protocolos clínicos da Covid-19 e fluxo de atendimento nas unidades de saúde.


#CoronavírusemPernambuco #coronavírus #Covid19 #SESPE

Artigo02.png
WhatsApp Image 2020-10-07 at 11.28.55.jp
Banner01.png
Arquivo

Copyright © 2018 Saúde e Bem Estar