• Ana Carla Santiago

Governo do Estado e Prefeitura do Recife anunciam medidas mais rígidas quanto ao isolamento social


Regras passam a valer nesta terça (12) até o dia 31 de maio. Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e São Lourenço da Mata também contaram com ações mais rígidas


Nesta segunda-feira (11), o Governo de Pernambuco anunciou a implantação de medidas mais rígidas em relação ao isolamento social, em alguns municípios do estado. Após ultrapassar o número de mil mortes pela Covid-19, o estado contará com ações restritivas quanto à circulação de pessoas e também de veículos, com a implementação de um rodízio. O bloqueio total terá início nesta terça (12) e segue até o dia 31 de maio em cinco municípios pernambucanos: Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e São Lourenço da Mata. Para as outras cidades, permanecem as medidas dos decretos anteriores.


Na semana passada, Geraldo Júlio, prefeito do Recife, anunciou, em pronunciamento oficial, da necessidade de medidas mais severas de circulação (conhecidas como Lockdown) serem implantadas na cidade para conter o avanço do novo coronavírus. Para ele, era preciso realizar a ação no momento certo, com base em análises científicas. "A medida de fechamento total tem um objetivo científico, que é reduzir ao máximo o contato social e o contágio. O lockdown deve ser adotado na hora certa e pelo tempo certo. Fazer antes do momento certo reduz sua eficiência", disse.


Na manhã de hoje (11), o prefeito Geraldo Júlio se reuniu com autoridades do Governo de Pernambuco para discutir medidas mais rígidas quanto ao isolamento social da cidade do Recife. “Pude ver a sintonia com a qual está trabalhando a Prefeitura do Recife e o Governo do Estado. Discutimos e analisamos dados e informações com o objetivo de ampliar o isolamento social, para diminuir a rapidez do crescimento da pandemia no Recife e no estado”, declarou o prefeito.


De 12 a 15 de maio, as medidas prevalecem em caráter educativo. Entre as novas regras do isolamento estão a obrigatoriedade do uso de máscara por todos os cidadãos; controle da circulação de pessoas, que devem apresentar um documento de identificação e justificativa do destino ao sair de casa; e o rodízio de veículos, com circulação separada por placas finalizadas em números pares e ímpares. Além disso, ações de conscientização serão realizadas em comunidades.


O rodízio de carros não valerá para os profissionais das áreas de saúde, segurança, defesa civil e de uso oficial, além de veículos de serviços essenciais, como distribuidoras de água e gás, energia, Correios, imprensa, alimentos, funerárias, coleta de lixo, obras, guinchos, ambulâncias, táxis, ônibus e motocicletas de entrega.


Serviços essenciais como supermercados, farmácias e padarias continuam funcionando normalmente.Quem não cumprir as novas normas, será informado sobre elas e aconselhado a voltar para casa. A partir do dia 16 de maio, as regras serão obrigatórias.


De acordo com o governador Paulo Câmara, as medidas são necessárias para evitar o aumento da transmissão da Covid-19. "Conversei hoje com os prefeitos destes municípios e também os presidentes do Tribunal de Justiça, da Assembleia Legislativa, do Tribunal de Contas e o procurador geral do Ministério Público. Todas as projeções científicas mostram que precisamos aumentar o isolamento social para evitar o crescimento ainda mais acelerado dos casos da doença", declarou em pronunciamento oficial.


Serão ativados 34 pontos de bloqueio nos municípios, sendo 16 no Recife, oito em Olinda, um em Camaragibe e um em São Lourenço da Mata. Segundo a assessoria do Governo do Estado, os pontos podem ser redefinidos a qualquer momento.


Até o dia 9 de maio, 75% dos casos confirmados do novo coronavírus e 68% dos óbitos ocorreram nos cinco municípios incluídos nas novas medidas de restrição. No total, foram 8.327 casos e 575 mortes.


#CoronavírusemPernambuco #coronavírus #Covid19 #Lockdown #IsolamentoSocial

Artigo02.png
WhatsApp Image 2020-10-07 at 11.28.55.jp
Banner01.png
Arquivo

Copyright © 2018 Saúde e Bem Estar