banner1.jpg
  • Ana Carla Santiago

Noronha inicia contratação emergencial de profissionais de saúde em combate ao coronavírus


Foto: Divulgação

A seleção das vagas temporárias já está aberta e serão contratados seis enfermeiros, seis médicos e três técnicos de enfermagem


Fernando de Noronha está intensificando as ações de combate ao novo coronavírus. Com um caso confirmado na ilha, a Administração Geral tem investido em medidas preventivas para proteger toda a população e uma delas é a contratação emergencial de profissionais da saúde.


A seleção das vagas temporárias já está aberta e serão contratados seis enfermeiros, seis médicos e três técnicos de enfermagem com experiência nos setores de urgência e emergência, que tenham atuado em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e saibam manusear os equipamentos, além de realizar atendimentos dos pacientes internados com suspeita de coronavírus. Os interessados devem enviar currículo até a próxima sexta-feira, dia 3 de abril, para o e-mail: natalia.campello@noronha.pe.gov.br.


Os profissionais irão trabalhar no hospital de campanha que está sendo montado no auditório da Escola Arquipélago (já que as aulas foram suspensas), reforçando os atendimentos no Hospital São Lucas, caso surjam novos casos de Covid-19 na ilha. Noronha contará com mais seis leitos, que podem dobrar para 12, caso haja necessidade.


A Administração Distrital, junto ao Governo de Pernambuco, está em fase de aquisição de vários equipamentos para a montagem da UTI provisória, como monitores, macas, cardioversor (ou desfibrilador), carrinhos de emergência, oxímetro (que mede os sinais vitais do paciente), respiradores, entre outros. De acordo com Natália Campello, gestora de Média Complexidade do Hospital São Lucas, responsável pelo recebimento dos currículos, a nova estrutura de saúde irá dar um maior suporte aos pacientes que necessitem de um tratamento intensivo. “Nós estamos em um lugar de difícil acesso, até com diminuição de voos. Então precisamos criar a estrutura mínima, mas que consiga ofertar o melhor para se estabilizar e tratar o paciente”, explica.


Após a avaliação curricular, os selecionados serão comunicados para começarem a trabalhar já na primeira quinzena de abril, prazo previsto para a conclusão das obras e instalação de todos os equipamentos. Os salários variam entre R$ 2.640,00 e R$ 18 mil.


Casos confirmados


A Secretaria Estadual de Saúde confirmou ontem (31) o segundo caso de Covid-19 em Fernando de Noronha. As pessoas que tiveram contato com os pacientes foram colocadas em quarentena e estão sendo monitoradas e testadas para evitar a transmissão do vírus na ilha.


#coronavírus #CoronavírusemPernambuco #Covid19 #FernandodeNoronha

Artigo02.png
banner2.jpg
WhatsApp Image 2020-10-07 at 11.28.55.jp
Banner01.png
Arquivo