• Cristiane Sales

Sarampo: última semana da 1ª fase da Campanha de Vacinação


Até sexta (25), os postos de saúde da Prefeitura do Recife continuarão focados em aplicar a tríplice viral em crianças de 6 meses a 4 anos


Esta é a última semana da primeira fase da Campanha Nacional de Vacinação Contra o Sarampo. Até a sexta-feira (25), mais de 150 postos de saúde abastecidos pela Prefeitura do Recife continuarão focados em aplicar a tríplice viral em crianças de 6 meses a 4 anos. No último sábado (19), Dia D da Campanha Nacional de Vacinação Contra o Sarampo, foram imunizadas mais de 1.400 crianças. Desde o último dia 7, quando a campanha começou, mais de 2.400 crianças desse público-alvo determinado pelo Ministério da Saúde (MS) receberam a tríplice viral no Recife.


Nesta primeira fase da campanha, estão sendo vacinadas as crianças de 6 meses a menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias) que nunca tenham sido imunizadas ou não tenham comprovação de ter recebido as duas doses determinadas para essa faixa etária. A vacina dada aos bebês antes de completarem um ano de vida é considerada pelo Ministério da Saúde uma dose extra (dose zero), que não interfere no calendário de vacinação de rotina, em que a primeira dose é feita aos 12 meses e a segunda aos 15 meses.


No sábado, a Secretaria de Saúde do Recife aproveitou a ida das crianças aos postos de saúde para atualizar o cartão de vacina dos pequenos, aplicando outras vacinas pendentes. Luísa Maria, de 1 ano, tinha tomado a dose zero da tríplice viral aos 10 meses e foi levada ao Centro de Saúde Francisco Pignatari, em Casa Amarela, para tomar a dose um, que conta para o esquema de vacinação. As vacinadoras ainda aproveitaram para aplicar a vacina Pneumococo.


“Choro junto com Luísa toda vez que a levo para tomar vacina, mas fico tranquila depois por saber que fiz o que estava ao meu alcance para garantir a saúde da minha filha. Fiz o mesmo com meu filho de 14 anos, que está com a vacinação em dia”, disse a fotógrafa Lidiane Tavares.


O secretário de Saúde do Recife, Jailson Correia, reforçou a importância da segunda dose para garantir a imunização das crianças. “Como nos últimos anos não se registrava muitos casos de sarampo, muitos pais não viram a doença, então não dão a devida importância à vacina. Mas sobretudo agora que o Brasil voltou a apresentar mais casos de sarampo, inclusive com óbitos, os pais não podem relaxar e deixar seus filhos contraírem uma doença que pode ser evitada com a vacina”.


A analista fiscal Ivana Rangel, foi uma das mães que levou o filho de 1ano e 6 meses para tomar a segunda dose da vacinação no Centro de Saúde Francisco Pignatari. O pequeno Heitor Brayner ainda tomou seis outras vacinas. “Fico com o coração partido ao ver o escândalo que ele dá quando leva a furada, mas sei que é assim mesmo. Depois fico com o coração tranquilo porque fiz minha parte pra protegê-lo”, disse Ivana, que é moradora de Casa Amarela e usuária do Pignatari.


POSTOS


A lista dos postos da capital pernambucana com salas de vacinação abertas das 8h às 17h (com pausa de uma hora no almoço) está disponível no site da Prefeitura do Recife (www.recife.pe.gov.br). No portal, também é possível encontrar o cronograma de horário estendido para vacinação contra sarampo em nove unidades de saúde. Desde o início de setembro, de segunda a sexta-feira, a cada dia, pelo menos duas unidades de saúde mantêm as salas de vacinação abertas das 8h às 21h, fechando uma hora para almoço. Para agilizar o atendimento, a Sesau pede que os pais levem a carteira de vacinação das crianças e o cartão do SUS, se tiverem.


A segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação Contra o Sarampo será realizada de 18 a 30 de novembro, com foco na aplicação da tríplice viral nos jovens de 20 a 29 anos, que não foram vacinados ou não tenham comprovação do esquema completo (duas doses de vacina na infância ou em outro momento da vida). Para este público, o Dia D acontecerá no sábado 30 de novembro.


Nesses períodos de realização da campanha, as doses da tríplice viral estão sendo direcionadas ao público-alvo definido pelo Ministério da Saúde. A ação é um esforço para interromper a circulação do vírus do sarampo e proteger os grupos mais acometidos pela doença. Os critérios de vacinação foram definidos conforme situação epidemiológica e taxas de coberturas vacinais.


DADOS


De acordo com o Programa de Imunização do Recife (PNI), desde julho, já foram aplicadas mais de 65 mil doses da vacina tríplice viral na capital pernambucana, sendo 40 mil só em setembro. Comparando com o trimestre anterior, quando houve aproximadamente 14 mil aplicações, a procura pela imunização contra o sarampo está quase cinco vezes maior. Nas crianças de 1 ano do Recife, a cobertura vacinal da primeira dose está em 92%, e a segunda está em 70%, este ano. O ideal é que as duas doses atinjam os 95%.


Na capital pernambucana, foram confirmados, até o momento, três casos de sarampo e outros 78 ainda estão em investigação. Não há evidência de surto em atividade com transmissão sustentada do vírus do sarampo dentro da cidade, e os casos confirmados até o momento têm relação com pessoas que contraíram a doença em viagem para outros estados. Todas as medidas de controle, como a vacinação de quem teve contato com os casos confirmados ou suspeitos (bloqueio), estão sendo tomadas pela Sesau Recife desde quando os primeiros casos foram notificados, assim como a vigilância de novos casos.


QUEM ESTÁ IMUNIZADO


São consideradas vacinadas pessoas de 1 a 29 anos com duas doses da vacina; pessoas de 30 a 49 anos com uma dose e profissionais de saúde com duas doses da tríplice viral. Quem está com as doses em dia, já teve sarampo ou tem mais de 50 anos não precisa se preocupar.


Já quem nunca teve sarampo, não está com o esquema da vacinação completo ou perdeu o cartão e não se lembra se tomou as vacinas deve procurar os postos de saúde. Quem tiver fora dos públicos prioritários da campanha terá que procurar as unidades de saúde posteriormente, já que a vacina contra o sarampo está disponível, para quem precisa, durante todo o ano.

#Sarampo #CampanhaNacionaldeVacinação #Imunização #Vacinação #TrípliceViral #SUS #Sesau #ministériodasaúde

Artigo02.png
WhatsApp Image 2020-10-07 at 11.28.55.jp
Banner01.png
Arquivo

Copyright © 2018 Saúde e Bem Estar