• Cristiane Sales

PCR discute racismo institucional e assistência perinatal em fórum nesta quarta


Evento marca o encerramento da programação comemorativa pelo Dia da Mulher Negra, Latino Americana e Caribenha, celebrado na última semana


Nesta quarta-feira (31), a Secretaria de Saúde do Recife realiza o 16º Fórum Perinatal, que nesta edição tem como tema “Racismo Institucional e Assistência Perinatal”. O encontro acontecerá a partir das 14h, no Auditório Capiba, localizado no 15º andar do edifício-sede da Prefeitura do Recife, e encerra a programação em alusão ao Dia da Mulher Negra, Latino-Americana e Caribenha, celebrado no último dia 25 de julho.


Ao longo do mês, a PCR promoveu diversas atividades sobre o assunto, como por exemplo, a 7ª Conferência da Mulher do Recife, na última semana. As Secretarias municipais de Saúde, da Mulher e de Assistência Social e Direitos Humanos realizaram também oficinas de saúde da mulher negra, rodas de diálogo e atividades de produção de turbantes, em todas as áreas da cidade.


Aberto para profissionais de saúde, gestores, estudantes e organizações da sociedade civil, o 16º Fórum Perinatal do Recife tem como objetivo traçar um panorama sobre as estratégias de articulação neonatal e também sobre a violência e seus impactos na saúde da mulher negra. Na ocasião, haverá um debate para discutir as propostas de assistência à saúde da mãe e do bebê.


REDE CEGONHA


A Secretaria de Saúde (Sesau) do Recife instituiu, através de portaria publicada no Diário Oficial do Município do último dia 06 de junho, a formação do Grupo Condutor Municipal da Rede Cegonha, que será responsável por planejar, monitorar e avaliar a execução do programa federal Rede Cegonha na capital pernambucana. O Grupo Condutor atuará para promover a implementação de um novo modelo de atenção à saúde da mulher e da criança, com foco na atenção ao parto, nascimento, crescimento e desenvolvimento da criança.


Entre as ações desenvolvidas na cidade estão a qualificação dos profissionais da rede de saúde que são envolvidos no atendimento às mulheres, vinculação das gestantes às unidades de saúde, acesso a transporte seguro e disponibilização de métodos contraceptivos. Ainda é prevista a criação de protocolos de boas práticas e segurança na atenção ao parto e nascimento, aumento dos leitos de partos de alto risco, além da oferta de exames específicos.


A Rede Cegonha é uma estratégia criada pelo Ministério da Saúde em 2011 com o objetivo de implementar uma rede de cuidados para assegurar às mulheres o direito ao planejamento reprodutivo e a atenção humanizada à gravidez, ao parto e ao puerpério, bem como assegurar às crianças o direito ao nascimento seguro e ao crescimento e desenvolvimento saudáveis.


A rede tem a finalidade de estruturar e organizar a atenção à saúde materno-infantil no País e está sendo implantada, gradativamente, em todo o Brasil, respeitando o critério epidemiológico, a taxa de mortalidade infantil e a razão mortalidade materna e densidade populacional.


#RedeCegonha #ministériodasaúde #Sesau #SecretariadeSaúdedoRecife #Racismo #Perinatal #DiadaMulherNegra #Gravidez #Gestação #Parto #Puerpério

Artigo02.png
WhatsApp Image 2020-10-07 at 11.28.55.jp
Banner01.png
Arquivo

Copyright © 2018 Saúde e Bem Estar