banner1.jpg
  • Cristiane Sales

PCR realiza ações para marcar o Dia Mundial sem Tabaco



Foto: Arquivo Sesau/Cortesia

Nestas quinta e sexta, será intensificada a fiscalização da proibição do uso de cigarro em boates, bares e outros ambientes fechados, e também haverá ação no CPTRA, na Tamarineira


Para marcar o Dia Mundial sem Tabaco, a Secretaria de Saúde do Recife promoverá ações nestas quinta (30) e sexta-feira (31). Nos dois dias, a Vigilância Sanitária do Recife vai intensificar ações em boates, bares e casas de festas para coibir o uso do cigarro em ambientes fechados, conforme determina a Lei Antifumo (Lei Federal n° 12.546/11). Na sexta, também haverá uma ação no Centro de Prevenção, Tratamento e Reabilitação de Alcoolismo (CPTRA), no bairro da Tamarineira. Das 9h às 12h da sexta, o CPTRA receberá rodas de conversas e exposição audiovisual sobre tabagismo, redução de danos e qualidade de vida; depoimentos de usuários que pararam de fumar; aferição de pressão arterial, orientações sobre o cuidado com a saúde bucal, apresentações culturais, oficina de percussão, atividades físicas, meditação etc.A ação é voltada aos profissionais e usuários dos Centros de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas (Caps AD) da Prefeitura do Recife, além dos familiares. O objetivo principal é promover a socialização entre os usuários, discutir os efeitos do uso do cigarro e estimular estratégias para mudanças de hábitos, garantindo uma melhor qualidade de vida. O Dia Mundial sem Tabaco foi instituído pela Organização Mundial de Saúde (OMS) há mais de 20 anos, com o objetivo de alertar sobre as doenças e mortes evitáveis relacionadas ao tabagismo. A OMS considera o tabagismo uma epidemia global, responsável por cerca de seis milhões de mortes a cada ano, das quais mais de 600 mil por exposição involuntária à fumaça do cigarro (tabagismo passivo). Em relação ao hábito de fumar, o Recife registra uma redução de 37,4% do tabagismo na capital pernambucana (passou de 14,7% de prevalência em 2006 para 9,2% em 2017). Quanto ao sexo, o hábito de fumar é mais verificado nos homens do que nas mulheres e, em ambos os sexos, vêm ocorrendo uma redução gradativa desse hábito. A proporção de mulheres fumantes passou de 11% em 2006 para 6,8% em 2017, enquanto a proporção de homens fumantes passou de 19,3% para 12,2% no mesmo período. Verifica-se também uma diminuição dos fumantes passivos de 2009 a 2017, tanto no domicilio (33,5%) como no local de trabalho (44%). A Secretaria de Saúde do Recife disponibiliza tratamento para quem fuma nos cinco Caps AD, onde há grupos de tabagismo. Os interessados podem procurar os Caps espontaneamente ou podem tirar dúvidas pelo telefone 3355-2821 ou pelo e-mail: saudementalad@gmail.com.


#DiaMundialsemTabaco #OMS #Sesau #Fumo #Tabaco #SecretariadeSaúdedoRecife #FumantePassivo #LeiAntifumo

Artigo02.png
banner2.jpg
WhatsApp Image 2020-10-07 at 11.28.55.jp
Banner01.png
Arquivo