banner1.jpg
  • Rebeka Gonçalves

Dia Mundial da Saúde Mental: Atitudes de prevenção contra a ansiedade


Foto: Reprodução

A psicoterapeuta Tereza Gouveia recomenda 5 atitudes para prevenir à ansiedade


Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), saúde mental é um estado de bem-estar no qual o indivíduo é capaz de usar suas próprias habilidades, recuperar-se do estresse rotineiro, ser produtivo e contribuir com a sua comunidade. A saúde mental implica muito mais que a ausência de doenças mentais. E como forma de aumentar a conscientização para o tema e mobilizar esforços de apoio a melhorias no setor, o dia 10 de outubro foi instituído como o Dia Mundial da Saúde Mental.


Dados do Ministério da Saúde apontam que uma a cada cinco pessoas no trabalho podem sofrer de algum problema de saúde mental. Esses problemas vão impactar diretamente no ambiente de trabalho, causando perda de produtividade e faltas ao trabalho. A ansiedade é um dos problemas mais frequentes, custando em média US$ 1 trilhão à economia global em perdas no ambiente de trabalho, de acordo com a OMS.


Alguns dos sintomas da ansiedade são falta de ar, respiração ofegante, sensação de coração acelerado, palpitações, dores no peito, fadiga, insônia, tremores no corpo, instabilidade emocional, preocupações exageradas, sensação de que algo ruim irá acontecer, nervosismo, sensação de “nó” na garganta, sensação de impotência, entre outros.


Para prevenir o problema, a equipe do Saúde e Bem Estar conversou com a psicoterapeuta Tereza Gouveia, que recomendou cinco atitudes para controlar a ansiedade. “Ansiedade faz parte da condição humana, porém é possível tratá-la quando os sintomas passam a prejudicar nosso comportamento nas tarefas rotineiras”, explica.


1ª Atitude: “A primeira atitude para lidar com ela é perceber as coisas de maneira realista, pois nossos pensamentos, sentimentos e sensações são decorrentes da imaginação e estado de alerta aumentados”;


2ª Atitude: “Normalize as consequências, não transforme o perigo em catástrofe”;


3ª Atitude: “Não queira controlar a situação, pois o ansioso acredita que tendo o controle da situação vai evitar que algo negativo ocorra, e isso não é verdade”;


4ª Atitude: “Assuma sua ansiedade, não fuja do desconforto, enfrente as situações desagradáveis que acionam sua ansiedade de forma mais intensa, pois assim quando elas se apresentarem você saberá como resolvê-las”;


5ª Atitude: “Encare os sintomas da ansiedade com tranquilidade, aprenda a respirar devagar, a fim de diminuir a taquicardia, falta de ar, sudorese nas mãos, medo irracional, dentre outros sinais físicos e psicológicos”.


Atitudes baseadas nas técnicas da Terapia Cognitiva Comportamental. Siga-as e você viverá muito melhor!


Contudo, se você perceber que tem vários sintomas de ansiedade e que eles são muito frequentes, é recomendado procurar ajuda profissional com um especialista em saúde mental.

#Saúde #SaúdeeBemEstar #Ansiedade #SaúdeMental

Artigo02.png
banner2.jpg
WhatsApp Image 2020-10-07 at 11.28.55.jp
Banner01.png
Arquivo