banner1.jpg
  • Cristiane Sales

Cremepe aponta irregularidades em 125 unidades de saúde de PE



O Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe) divulgou o resultado de uma fiscalização realizada nas unidades básicas de saúde pública do Estado, entre 2014 e 2017. Foram realizadas 868 vistorias, com o registro de mais de 50 itens irregulares, em 125 unidades de saúde.


De acordo com a entidade, a maioria dos problemas estão relacionados com a infraestrutura, como falta de acessibilidade, ausência de espaços para atendimento adequado e salas compartilhadas. Só em Recife, o Conselho identificou problemas em 32 unidades.


“Percebemos a precariedade em vários prédios, no Recife e interior. Falta de acessibilidade, ausência de espaços para atendimento adequado e salas compartilhadas são alguns dos pontos”, relata Sílvio Rodrigues, coordenador da fiscalização do Cremepe.


Apesar de o foco da inspeção ser a parte física das unidades, o Cremepe também ouviu reclamações quanto à insegurança nos locais. “Na maioria delas não há guardas. As equipes ficam sem proteção, assim como os pacientes”, ressalta Sílvio Rodrigues.


Jailson Correia, secretário de Saúde do Recife, explica que dois terços dos serviços de atenção básica do município já passaram por melhorias de 2014 para cá. Segundo ele, o investimento soma R$ 211 milhões em obras e aquisição de material.


“É evidente que ainda há unidades que precisam melhorar. Nosso objetivo é que todas tenham um padrão mínimo de qualidade. Só este ano realizamos obras em 10 unidades”, esclarece Jailson.

#Cremepe #FiscalizaçãoCremepe #saúde #SaúdeeBemEstar #unidadesbásicasdesaúdepública

Artigo02.png
banner2.jpg
WhatsApp Image 2020-10-07 at 11.28.55.jp
Banner01.png
Arquivo