• Cristiane Sales

Conheça as doenças prevenidas com a vacina tríplice viral



A tríplice viral é uma vacina recomendada para prevenir contra sarampo, rubéola e caxumba. Na rotina, a tríplice deve ser aplicada em crianças com 12 meses, com um reforço aos 15 meses com a tetra viral (sarampo, caxumba, rubéola e varicela/catapora). Para crianças acima de 2 anos e jovens e adultos até os 29 anos, não vacinados anteriormente ou que não se lembram, devem ser feitas 2 doses da tríplice viral, com intervalo de 30 dias entre elas. Adultos entre 30 e 49 anos (não imunizados ou que não lembram) devem tomar uma dose da tríplice. Profissionais de saúde não vacinados devem tomar duas doses com a vacina tríplice viral, independente da idade. Conheça cada uma das doenças prevenidas com esta vacina.


SARAMPO


Doença infecciosa exantemática aguda, transmissível e extremamente contagiosa, acomete principalmente crianças com até cinco anos de vida, podendo evoluir com complicações e óbito. A transmissão ocorre de pessoa a pessoa, por meio de secreções respiratórias, no período de quatro a seis dias antes do aparecimento do exantema (mancha avermelhada na pele) até quatro dias após. Os sintomas são febre alta, acima de 38,5°C, manchas avermelhadas generalizadas pelo corpo, tosse, coriza, conjuntivite e manchas de Koplik (pequenos pontos brancos que aparecem na mucosa bucal, antecedendo ao exantema). As complicações mais comuns são pneumonia, otite, doenças diarreicas e neurológicas.


RUBÉOLA


Doença viral aguda com transmissão através do contato com as secreções de pessoas infectadas. A transmissão indireta, mesmo sendo pouco frequente, ocorre mediante contato com objetos contaminados com secreções, sangue e urina. O quadro clínico é caracterizado por manchas avermelhadas na pele, iniciando-se na face, couro cabeludo e pescoço, espalhando-se posteriormente para o tronco e membros. Além disso, apresenta febre baixa e linfadenopatia (condição em que os nódulos linfáticos ficam com tamanho, consistência ou número anormais, geralmente inchaço), geralmente antecedendo às manchas avermelhadas, no período de 5 a 10 dias, podendo perdurar por algumas semanas. A importância epidemiológica da rubéola está relacionada ao risco da doença durante a gestação, o que pode acarretar abortos, natimortos, e malformações congênitas, como cardiopatias, catarata e surdez.


CAXUMBA


Doença viral aguda caracterizada por febre e aumento das glândulas salivares, podendo ser acompanhada por dor muscular, anorexia, dor de cabeça, mal-estar, dor ao mastigar e dificuldade de deglutição. Aproximadamente 1/3 das infecções podem não apresentar aumento, clinicamente aparente, dessas glândulas. O diagnóstico é clínico e não há tratamento específico, indicando-se apenas repouso, analgesia e observação para surgimento de complicações.


#Caxumba #Imunização #Rubéola #Sarampo #saúde #SaúdeeBemEstar #TrípliceViral #Vacina #Vacinação

Artigo02.png
WhatsApp Image 2020-10-07 at 11.28.55.jp
Banner01.png
Arquivo

Copyright © 2018 Saúde e Bem Estar